DETALHES DA NOTÍCIA

Postado: 22 de Setembro de 2014

Pesquisa revela que produção moveleira deve crescer 3,5% em 2014

Estudo denominado “Mercado Potencial de Móveis em Geral 2014” aponta que este ano, a produção de móveis deverá ter crescimento de 3,5% em volumes de peças, enquanto as importações deverão crescer 14,5% e as exportações 8,0%. O levantamento foi feito pelo núcleo de Inteligência de Mercado do Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI).

De acordo com a pesquisa, entre 2009 e 2013, o segmento que mais cresceu em número de unidades produtoras foi o de móveis de madeira, com alta de 25%, seguido pelo segmento de metal com 22%. Já os outros móveis cresceram apenas 2%.

“Hoje, o Brasil conta com 18,2 mil empresas produtoras que atuam no setor moveleiro nacional, juntas essas unidades são responsáveis por cerca de 300 mil pessoas empregadas, diretamente e indiretamente na produção. As regiões Sul e Sudeste concentram o maior número de unidades produtoras, com 39,6% e 38,5% do total, respectivamente. Em seguida a região Nordeste com 12,3%, a região Centro-oeste com 7,1% e por último a região Norte com 2,5%”, afirma Marcelo Prado, diretor do IEMI.

Ainda segundo o levantamento, em termos de produção, foi constatado uma alta no setor de 2,1% em 2013 em relação a 2012. Nos últimos cinco anos houve crescimento de 27,1%, passando de 370 milhões de peças produzidas em 2009 para 470 milhões de peças em 2013. Já o consumo aparente, que possui um resultado da produção aliado a importação e exportação, houve um crescimento de 29,4%, entre 2009 e 2013.

A participação dos importados sobre o consumo aparente nacional, em volume de peças, passou de 1,1% para 2,6% no período analisado. Já a participação dos exportados passou de 3,5% para 3,3%. Entre 2009 e 2013, as exportações caíram 10,4% em valores (em dólares), o que corresponde a um recuo de 2,7% ao ano. Já as importações aumentaram 2,7 vezes no mesmo período, um crescimento de 28,6% ao ano.

O país importou móveis principalmente da China, com 53,2% dos valores totais em 2013. Em seguida aparecem os Estados Unidos e a Itália, com 8% cada. As exportações têm como principal destino os Estados Unidos, com 17% dos valores totais em dólares de 2013. Em segundo lugar aparece o Reino Unido, com 14%, seguido do Peru com 7,4%.

Rua Fábio Brito de Azambuja, 780
Bairro São Cristóvão
Lajeado/RS - CEP: 95900-000

51 3714.4815

51 99807.8724 (Whatsapp)

Newsletter
Receba nossas novidades em seu email

NOME:
EMAIL:
© Copyright COMPENSADOS LAJEADO. Todos os direitos reservados.